Crítica l Dash & Lily é o romance perfeito para o natal

Esta comédia romântica natalina baseada no livro “O Caderninho de Desafios de Dash & Lily” (“Dash and Lily’s Book of Dares“, no idioma original), escrito por David Levithan e Rachel Cohn, conta a história de Lily (Midori Francis), uma jovem asiática inocente e otimista que é apaixonada pelo natal e nunca foi beijada na vida. Seu irmão (Troy Iwata) decide então ajudá-la a encontrar o amor, em uma espécie de caça ao tesouro com desafios escritos em um diário e deixados na livraria local, já que ela é tímida e só se sente a vontade ao escrever.

O excêntrico e introspectivo Dash (Austin Abrams), que tem problemas paternais e depois de terminar um namoro vira praticamente o Grinch, acaba o encontrando. Ele fica intrigado com a brincadeira e decide cumprir os desafios para descobrir quem é a moça misteriosa. Seguindo as regras e se comunicando apenas através do diário, os dois vão se conhecendo a fundo, compartilhando vivências e sentimentos, além de enfrentar suas próprias limitações. Graças à insegurança e a união da solidão de ambos durante o Natal, já que estão passando sozinhos e longe da família, a aventura pelas ruas de Nova Iorque começa.

Ainda que seja um pouco previsível, a trama é bem sensível e adorável porque o casal principal tem muito charme e química. Além disso, os dois acabam recebendo ajuda de diversos amigos e familiares. Com um elenco carismático e diversificado, debate com naturalidade temas como homossexualidade, bullying e amor na velhice. O enredo é divertido e envolvente, criando muita expectativa e identificação, além de deixar grandes mensagens sobre a família e o verdadeiro espírito natalino, nos inspirando a acreditar no universo e nos nossos sonhos e objetivos.

Um grande ponto chave do filme é o fato de ter muitas referências cinematográficas, como por exemplo a semelhança com a história da Cinderela quando Lily perde seu sapato em uma festa, narração dos protagonistas da mesma forma que acontece em You ou a própria personalidade e vestimentas de Lily que lembram muito a Lou de Como Eu Era Antes de Você.

Além disso, os cenários natalinos estão lindos e muito coloridos e a trilha sonora é clássica, com uma bela adição com o show dos Jonas Brothers – Nick Jonas, inclusive, participa da produção da série e ainda faz um cameo para ajudar os personagens. Com apenas 8 episódios com cerca de 20 minutos cada, definitivamente é uma série maratonável que vai agradar e emocionar não só os jovens como a família toda.

COMPARTILHAR


1 Review

Leave a Reply